domingo, 18 de fevereiro de 2018

Oportunidade, Governo lança editais para contratação de professores, são 175 vagas

Foto: Reprodução / Internet
O Governo do Maranhão divulgou, nesta sexta-feira (16), editais de processos seletivos simplificados para contratação temporária de professores indígenas Awá Guajá e Ka’apo, para atuarem na Educação Básica, nos municípios de Bom Jardim/URE Santa Inês e Centro do Guilherme, Centro Novo do Maranhão e Santa Luzia do Paruá/URE Zé Doca e para professores para atuarem na Educação Básica, nos cursos do Ensino Fundamental e Médio na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos, nas Unidades Prisionais e em cumprimento de Medidas Socioeducativas.

Ao todo, estão sendo disponibilizadas 21 vagas para professores indígenas da etnia Awá Guajá e/ou Ka’apor, e 154 vagas para professores de Educação Básica. As inscrições serão gratuitas e devem ser realizadas a partir das 0h de terça-feira (20) até às 23h59 do dia 23 (sexta-feira), exclusivamente pelo endereço eletrônico da Secretaria de Estado da Educação.

O candidato deverá preencher a ficha de inscrição, disponibilizada no portal da Seduc, e entregá-la junto com os documentos e títulos, no período de 20 a 26 de fevereiro, das 13h às 19h, conforme endereços indicados nos editais dos seletivos, também disponíveis em www.educacao.ma.gov.br.

O processo seletivo para professores da educação indígena será composto de avaliação de experiência profissional docente, comprovada por documento emitido pelo responsável pela escola indígena e atestado pelo gestor das URE’s de Santa Inês e/ou Zé Doca, conforme município pleiteado pelo candidato, em etapa única e não haverá pagamento de taxa de inscrição. Os candidatos aprovados, dentro do limite de vagas, serão contratados pela Seduc em regime de 20 horas de trabalho semanais.

Já o processo seletivo para professores da educação prisional será realizado em etapa única e será composto de avaliação curricular de títulos e experiência profissional docente na Educação de Jovens e Adultos e no Sistema Prisional e/ou de Medidas Socioeducativas. Os aprovados, dentro do limite de vagas, serão contratados pela Seduc, também, em regime de 20 horas de trabalho semanais.

A divulgação do resultado parcial dos seletivos está prevista para o dia 14 de março. Já a homologação do resultado final para professores da educação indígena está prevista para o dia 22 de março, e para professores da educação prisional, para o dia 23 de março de 2018.

A Seduc informa, ainda, que o processo seletivo ocorre sem prejuízos ao concurso público já previsto para este ano, Confira mais informações acessando aqui