sábado, 13 de janeiro de 2018

PROPOSTA CURRICULAR SERÁ ENCAMINHADA A CÂMARA PARA SER TRANSFORMADA EM LEI

http://cururupu.ma.gov.br/uploads/noticias/2018.01.12-20.03.41.jpg
Foto Reprodução
Fonte: Site da Prefeitura de Cururupu

Cururupu dá um grande salto na busca pela excelência da educação na rede pública de ensino, qualidade educativa ao elaborar, de forma democrática e participativa a Proposta Curricular do Município.

Como prática de gestão, a Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Educação realizou na manhã de sexta-feira (12), Audiência Pública de Discussão da Proposta. Participaram secretários municipais, coordenadores, professores, pais de alunos, representantes de entidades, lideranças da sociedade civil organizada, vereadores e a prefeita do município.

Foi o primeiro momento e apresentação da Secretária de Educação do município, professora Gesicleide de Jesus Macedo Reis Fonseca após assumir a pasta. O ex-secretário Udinaldo Rabelo, assumi o cargo de assessor especial de articulação política do município.

Elzirene Diniz Costa, Coordenadora Geral de Educação falou do trabalho inédito, sonhos de muitos anos, iniciado ainda na gestão da professora Rosinha enquanto secretaria de educação, e que só no início da sua gestão como prefeita foi possível a concretização de todo o trabalho da proposta curricular, trabalhamos muito durante o ano de 2017.

O vereador Roberto Pestana, representando a Câmara Municipal durante a audiência, falou da importância desse documento: “Pensar em uma educação é de fato pensar na libertação do ser humano. Eu costumo sempre dizer isso, não se pode e nem se deve pensar e muito menos agir em uma educação se essa não contempla a libertação do ser humano. Penso que a proposta curricular vem para contemplar esse eixo, essa visão que só pela educação agente consegue libertar o ser humano. Mas para que isso de fato possa acontecer, primeiramente nós temos que ter essa disposição para nós mesmos nos libertarmos, e a parti daí trabalhar através do ensino, do conhecimento. Só quem tem a ganhar é o próprio município com uma proposta que vai nortear todo o trabalho para que os nossos alunos possam ver e escrever a vida melhor”. Concluiu o vereador.

A Secretária Municipal de Educação, professora Gesicleide, convocou a todos para participarem deste maravilhoso privilégio de educar. “A escola não é o único lugar onde a educação ocorre e nem muito menos o professor é o único agente. Existem inúmeras educações e cada uma atende a sociedade em que ocorre pois é uma forma de reprodução dos saberes que compõe uma cultura. Portanto a educação de uma sociedade tem identidade própria. Nesse contexto a educação é compromisso e responsabilidade de todos nós. Convoco a todos a fazerem parte deste encanto, desde maravilhoso privilegio de educar. Sejamos educadores em casa, no trabalho, na igreja, nos eventos sociais, no clube, na conversa informal, na festa, no passeio. Sejam soldados da educação e principalmente sejam educadores da vida. Agora com a nossa diretriz maior, as coisas vão fluir com mais tranquilidade. A nossa diretriz curricular pedagógica do sistema”. 

A prefeita professora Rosinha participou de toda a audiência e agradeceu a participação expressiva de todos que vieram conhecer o estudo realizado e discutir a proposta pedagógica de ensino que será transformada em lei.

“A proposta foi construída no “chão da escola”, por áreas, conhecendo a realidade de cada lugar, cada espaço, muitas pessoas, profissionais... foi construída aqui no município não foi encomendada em gabinetes, esta proposta vai ser transformada em Lei, vamos encaminhar a câmara municipal para ser um documento do sistema educacional de ensino do município. Não será documento apenas de uma gestão, será para o município uma bússola da educação. A educação é muito dinâmica, certamente, constará o período para revisão, mais será um documento e que a comunidade que está aqui fique na memória que a parti do ano 2018, nós teremos sim um documento da educação do município que foi construindo por vários representantes da comunidade, apresentado e discutidos por muitos dos senhores”. Ressaltou a prefeita.