segunda-feira, 6 de novembro de 2017

MEDICAMENTOS: Lista do SUS cresce 25%

Gestores, profissionais de saúde, usuários e órgãos de controle do país vão contar com uma nova lista de medicamentos essenciais ofertados no Sistema Único de Saúde. A Relação Nacional de Medicamentos Essenciais, Rename, padroniza os medicamentos indicados para a assistência no SUS. É um instrumento dinâmico, disponível online, atualizado permanentemente e publicado a cada dois anos. Segundo o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a nova Rename também é um instrumento regulatório.


“O nosso objetivo com a nova Rename é transformá-la numa ferramenta para o usuário, para o gestor e para os órgãos de controle. Antes era um documento burocrático interno nosso e agora passa a ser um instrumento de facilitação de acesso de informação para todos. Tendo a informação, evidentemente, as pessoas buscarão consolidar o seu direito de acesso a esses medicamentos”.

Na próxima versão da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais 2018 serão reincluídos medicamentos indicados para a assistência hospitalar e oncológica, totalizando quase 1100 medicamentos. Com essas inclusões a lista de medicamentos essenciais do SUS vai crescer 25%.

Reportagem, Luiz Philipe Leite