quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

COMISSÃO FORMADA E AUDIÊNCIA NA QUINTA PELA MANHÃ COM O JUDICIÁRIO.

Foto: Claudio Mendes
Na reunião de hoje dia 18 de fevereiro na câmara de vereadores de Cururupu, compareceram vários mototaxistas e condutores que precisam ter suas situações regularizadas assim como de seus veículos.

Na oportunidade o vereador Idenildo Sousa (Mangueira Sousa) do PRB, afirmou que as leis são feitas e não são divulgadas impossibilitando assim o conhecimento das mesmas pelos cidadãos.

Vereador Idenildo Sousa (Mangueira Sousa)
Imagem do Facebook pessoal do vereador.
Idenildo disse que o propósito da comissão é firmar um termo de ajuste de conduta com o judiciário para que se tenha um prazo de meses para que os condutores de veículos sejam beneficiados.

Segundo o parlamentar será sugerido ao judiciário o termo de ajuste de conduta que pode ser assim: “o judiciário faz um documento que com os dados do veiculo e do proprietário e condutor, afirmando que ele tem 12 meses para se habilitar, este documento deve esta sempre com os condutores pois a blitz serão intensificadas para coibir quais quer violação.
Idenildo afirmou também “que o judiciário tem cumprido com o seu papel, mas a comunidade precisava de um espaço de tempo maior para se habilitar já que a única auto escola do município este sendo super procurada e nem sempre o condutor é aprovado de primeira nas provas de transito”.

O vereador Ebenilson de Jesus (Ascalha) do PPL, afirmou que é importante a reativação do sindicato dos mototaxistas na cidade e organização dos postos dos mesmos. O vereador Luis Chaves (Luis do fórum) do PSL concorda com o colega de parlamento Ebenilson e deixou claro que o sindicato já é registrado.

A preocupação do vereador João Sousa (Juca da Tapera) do PDT, tem uma preocupação com as crianças e que são levas as escolas pelos mototaxistas e outros condutores de veículos, pois a legislação só permite que crianças de 7 (sete) anos possas ser levadas nas garupas das motos e com os equipamentos de segurança.

Vereador Antonio Filho
Foto: Claudio Mendes
O vereador Antonio Filho do PCdoB, disse que entrou em contato com a secretária do juiz para a realização da reunião, que firmou marcada para a próxima quinta-feira às 8 horas da manhã no fórum. Antonio Filho disse a nossa reportagem que “devido à situação, que hoje o município vem atravessando com relação à decisão do nosso juiz Celso, fomos procurados por essas pessoas que até então se sentem prejudicadas nós resolvemos estarmos juntos com esses profissionais que precisam estar trabalhando para tirarem o seu sustento, e agente ver de grande importância para estarmos fazendo este intermédio, esse dialogo junto com o judiciário, dentro das nossas possibilidades o povo acreditou na gente e agora a gente tem que ta irmanado com eles.

Idenildo considerou positiva a criação da comissão do legislativo que é composta por 7 sete vereadores sendo eles: Antonio Filho, Pinto, Ebenilson, João Sousa, Katma Belém, Luis Chaves que substitui o vereador Rhuca e o Idenildo Souza que foi o idealizador da comissão) e a participação das pessoas da comunidade como mototaxistas e condutores.

Idenildo acrescentou que o prefeito Junior Franco esta de acordo com a iniciativa e estará ajudando com investimentos na cidade e assessoria jurídica, assim como  a presidência de Câmara através de Vereador João de Deus Amorim Lopes (JK) do PMDB, colocou também a assessoria jurídica a disposição da comissão.

Jadson Reis Mototaxista  / Foto: Claudio Mendes
Jadson Reis mototaxistas, falou que a comissão estará defendendo os direitos dos mototaxistas para que todos possam ter seguridade dentro da cidade e a comissão visa melhorias pois quem vai ganhar é a população. 

Na soma são 7 (sete) vereadores e 7 (sete) membros da comunidade entre mototaxistas e condutores de veículos que estarão somando forças para que se possa obter um prazo maior para se regularizar as motos e a situação dos condutores. A aplicação da Lei é legal as a cidade precisa ser preparada para tal, como ruas e sinalização dentre outras.