terça-feira, 29 de janeiro de 2013

CARNAVAL 2013 É EM CURURUPU.



CARNAVAL 2013 É EM CURURUPU.

 
A Prefeitura Municipal de Cururupu através da Secretaria Municipal de Cultura divulgou a programação oficial do carnaval 2013 e também a logomarca em uma rede social. Segundo as informações na página do município no portal de relacionamento (facebook) na internet, o Carnaval 2013 de Cururupu iniciará dia 08 de fevereiro e terá as seguintes atrações.



 
 SEXTA-FEIRA DIA 08
19h – Som Mecânico
21h – Banda Mulek com Pimenta – Local
23h – Solenidade Momesca
Entrega da Chave da Cidade ao Rei Momo pelo Prefeito
Coroação da Rainha pela 1ª Dama
Show Pirotécnico.
00h – Banda Brasas do Forró – Fortaleza
03h - DJ Herbeth.

Fazendo a abertura do Carnaval de 2013, embalando a todos com os sucessos da atualidade. A programação das bandas do Carnaval de 2013 de Cururupu foi posta na sexta-feira dia 25 e atualizada dia 29 de janeiro de 2013, na pasta da Prefeitura de Cururupu no portal de relacionamentos na internet o facebook, teve criticas, mas a aceitação dos navegantes através de suas mensagens foram bem maiores, principalmente da juventude. Com os comentários postos, é notório que só podemos saber o resultado após o carnaval.
Com uma política cultural voltada para o crescimento do turismo de Cururupu a administração municipal faz investimentos para voltar ao cenário nacional com um dos melhores e maiores carnaval do interior do estado do Maranhão e do Brasil.
Agora a expectativa é grande para o Carnaval. Que segundo a agenda do município que foi publicado na internet, a programação ficará assim: o Tema: CURURUPU, TRADIÇÃO NO CARNAVAL DO MARANHÃO.

PROJETO CARNAVAL – 2013
 “Cururupu Tradição no Carnaval do Maranhão”.

PROGRAMAÇÃO OFICIAL AREIA BRANCA

DE SÁBADO A TERÇA-FEIRA:
NA AREA LIVRE DA PEPÉ E PREGO
DAS 10h ÀS 21h – Radiola Pantera Negra
Palco na Avenida

DOMINGO DIA 10
12h - Som Mecânico
15h – Banda Mulek com Pimenta – Local
17h – Banda Bichinho de Madame (Axé) - Bahia

SEGUNDA – FEIRA DIA 11:
12h – Som Mecânico
15h – Banda Mulek com Pimenta – Local
17h – Banda Bichinho de Madame (Axé) - Bahia

TERÇA – FEIRA DIA 12:
12h – Som Mecânico
15h – Banda Mulek com Pimenta – Local
17:30h – Banda Forró Acelerado (axé)- Fortaleza

ESTA É A PROGRAMAÇÃO DA PRAÇA DÔ CARVALHO
SEXTA-FEIRA DIA 08
19h – Som Mecânico
21h – Banda Mulek com Pimenta – Local
23h – Solenidade Momesca
Entrega da Chave da Cidade ao Rei Momo pelo Prefeito
Coroação da Rainha pela 1ª Dama
Show Pirotécnico.
00h – Banda Brasas do Forró – Fortaleza
03h –Dj Herbeth
SÁBADO DIA 09
21h – Banda Banana Boa (axé) – Bahia
00h – Banda Mulek com Pimenta - Local
DOMINGO DIA 10
21h Banda Capital do Sol (Forró Elétrico) - Fortaleza
23h Os Bambas – Bahia
SEGUNDA – FEIRA DIA 11
21h – Calango Acesso (axé)- Fortaleza
23h – Banda Bichinho de Madame (Axé) - Bahia
TERÇA – FEIRA DIA 12
20:30h – Banda Forró Moral – Fortaleza
23h – Q Samba – São Luís
Assim como no carnaval de 2012 e no são João o município investiu nos couvers de Patati e Patatá que fizeram a animação da criançada na Praça Dô Carvalho no carnaval de 2012, e no são João não foi diferente, os couvers da Galinha Pintadinha e sua turma, que animaram a criançada. E no carnaval vem à atração Infantil na praça do carvalho Segunda Feira a partir das 18h (COMPANHIA DA ALEGRIA - RECIFE). Para fazerem a festa da galerinha, pois a criançada também tem o seu espaça no carnaval de Cururupu.
Destacaremos esta é a programação que esta sendo divulgada pela gestão municipal. Estas são as atrações para o carnaval de 2013, especula-se que vai ter uma grande atração no carnaval de 2013 como surpresa, as expectativas são grandes será que vai ter surpresa com a Banda Furacão do Forró no Carnaval de Cururupu?

Mais informações: https://www.facebook.com/prefeitura.decururupu?fref=ts

domingo, 20 de janeiro de 2013

TRANSPARÊNCIA: ESTADOS E MUNICÍPIOS SERÃO OBRIGADOS A INFORMAR GASTOS EM SAÚDE.



A população brasileira vai poder acompanhar como prefeitos e governadores estão aplicando os recursos na área da saúde. Por meio de uma portaria, publicada nesta quinta-feira, o Ministério da Saúde determina que estados, Distrito Federal e municípios publiquem os gastos com saúde no SIOPS, Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde. Desta forma, o cidadão poderá verificar se o seu estado ou município está cumprindo a aplicação mínima de recursos na saúde. A medida também vai facilitar o monitoramento do Ministério da Saúde e órgãos de controle incentivando a transparência, uma vez que o SIOPS é um sistema aberto à população. Diferente de como era antes, a declaração agora passa a ser obrigatória, bimestral e acumulativa. Isso significa que,a partir do dia primeiro de março deste ano, os gestores locais terão que declarar todos os gastos em saúde referentes a janeiro e fevereiro de 2013. Para a coordenadora-geral de Economia da Saúde do Ministério da Saúde, Fabíola Vieira, a medida vai melhorar o acesso e a qualidade dos serviços no Sistema Único de Saúde.

A Coordenadora-Geral de Economia da Saúde do Ministério da Saúde, Fabíola Vieira. Afirma "A lei cria uma série de mecanismos para garantir que o gestor de fato aloque esses recursos na área da saúde. Valorizar essa ideia porque quanto mais visibilidade e transparência a gente tem em relação ao gasto público é melhor para todos, para efetivar o controle social e para que a gente tenha uma efetiva aplicação dos recursos que a constituição determina que sejam aplicados na área da saúde.
 Isso é bom para toda a sociedade para que a gente possa realmente usar esses recursos na garantia de serviços melhores e para que a gente possa aplicar para melhorar o acesso e a qualidade dos serviços do Sistema Único de Saúde."

A coordenadora-Geral de Economia da Saúde do Ministério da Saúde, Fabíola Vieira explica o que acontece caso o gestor local não utilize o valor mínimo estipulado em lei para a área da saúde. "Se, eventualmente no ano anterior o gestor da saúde não alocou a quantidade de recursos que a lei determina, que no caso de municípios é 15 por cento dos recursos próprios, no ano seguinte aquele município fica sujeito a ter um contingenciamento de sua transferência constitucional. Que é, por exemplo, Fundo de Participação do Município, ao invés de ir todo o valor desse fundo para o tesouro da prefeitura, uma parte do valor correspondente ao débito que ele tem para a área da saúde vai ser depositada diretamente no Fundo de Saúde. É uma garantia de que o dinheiro vá para a saúde."

A lei determina que os estados destinem 12% de sua receita em saúde e que os municípios apliquem no mínimo 15%. Para saber se o gestor da sua cidade está cumprindo a determinação, basta acessar o endereço eletrônico siops.datasus.gov.br.
Reportagem, Amanda Mendes.

Comentário: Democratizar o sistema é complicado para os gestores que não gostam de expor o que fazem com os recursos públicos pois aqui reforço as palavras de Fabíola Vieira, “Isso é bom para toda a sociedade para que a gente possa realmente usar esses recursos na garantia de serviços melhores e para que a gente possa aplicar para melhorar o acesso e a qualidade dos serviços do Sistema Único de Saúde." Agora cabe também a comunidade fiscalizar se os recursos que estão indo para a suade se eles estão sendo gastos de fato na própria saúde.

Mais Detalhes: http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/noticia/8979/162/estados-e-municipios-sao-obrigados-a-informar-gastos.html

Adaptação e Comentários Claudio Mendes.

I Etapa de Capacitação do Programa de Fortalecimento da Gestão da CGU: Regional de Pinheiro.


I Etapa de Capacitação do Programa de Fortalecimento da Gestão da CGU: Regional de Pinheiro. 
Evento destinado a capacitação de gestores públicos dos municípios de São Vicente Ferrer, Cajapió, São João Batista, Olinda Nova do Maranhão, Matinha, Viana, Vitória do Mearim, Arari, Monção, Penalva, São Bento, Palmeirândia, Bacurituba, Pinheiro, Bequimão, Alcântara, Peri-mirim, Presidente Sarney, Pedro do Rosário, Mirinzal, Central do Maranhão, Cedral, Santa Helena, Turilândia, Apicum-Açú, Cajari, Porto Rico do MA, Cururupu, Bacuri, Serrano do MA e Turiaçu. Promovido pela CGU e demais órgãos/entidades da Rede Institucional de Controle. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (98) 3194-2008 com Welliton ou Angela.

Vejam a programação completa do Programa de Fortalecimento da Gestão Pública:


Segunda-feira (04/03)

8h30 às 9h30-Credenciamento

9h30 às 10h30h-Abertura solene

10h30às 12h-Palestra: “O papel da CGU?”

Responsávél:Controladoria-Geral da União

14h às 15h30-Palestra: “Os instrumentos de planejamento da gestão pública (PPA, LDO e LOA) e LRF”

Responsável: Controladoria-Geral da União

15h30h às 17h- Palestra: “Como estruturar o controle interno?”

Responsável: Controladoria-Geral do Município de São Luís



Terça-feira (05/03)

8h às 9h- Palestra: “A Lei de Acesso à Informação”

Responsável: Controladoria-Geral do Estado

9h às 10h30- Palestra: “Administração Tributária Municipal”

Responsável: Secretaria Estadual de Fazenda

10h30 às 12h- Palestra: “Obras públicas/Siconv e Contratos de Repasse”

Responsável:Caixa Econômica Federal

13h30 às 17h30-Minicurso: “ Pregão e Sistema de Registro de Preços”

Responsável: Controladoria-Geral da União


Quarta-feira (06/03)

8h às 12h-Oficina Prática: “Programa de Desenvolvimento da Educação Básica-Fundeb”

Responsável: Controladoria-Geral da União

13h30 às 17h30-Oficina prática: “Programa de Atenção Básica à Saúde- PAB”

Responsável:Controladoria-Geral da União

Quinta-feira (07/03)

8h às 9h-Palestra: “Principais aspectos dos Programas de Alimentação Escolar (PNAE) e Transporte Escolar (PNATE)”

Responsável: Controladoria-Geral da União

9h às 10h30-Palestra: “Regimes Previdenciários Municipais”

Responsável: Receita Federal do Brasil

10h30 às 12h- Palestra: “O dever de prestar contas”

Responsável: Tribunal de Contas da União

13h30 às 17h30-Oficina prática: “Programa Bolsa Família e Centro de Referência em Assistência Social (CRAS)”

Responsável: Controladoria-Geral da União


Sexta-feira (08/03)

8h às 9h30-Palestra: “Principais aspectos da Lei de Improbidade Administrativa no âmbito da Administração Municipal”

Responsável: Ministério Público

9h30 às 11h- Palestra: “A responsabilização dos prefeito(a)s segundo o Decreto-Lei 201/67”

Responsável: Tribunal de Contas do Estado

11h às 12h-Palestra: “A nova gestão pública municipal”

Responsável: Conselho Regional de Administração

Comentário: É bom que os gestores e assessores possam participar e fazerem valer o que prima as leis, pois do contrario temos visto centenas de gestores e assessores fazendo o que querem com os recursos públicos deixando claro para a sociedade que não há punições e quando as mesmas vem existem algumas conveniências que impedem das mesmas serem executadas.